Vítimas de derrubadas irregulares em condomínios se reúnem com o senador Hélio José

0
1187

Representantes de moradores de condomínios das regiões do Grande Colorado, do Jardim Botânico e outras localidades do DF participaram de reunião com o senador Hélio José (PMDB-DF), na academia Top Body, no Grande Colorado em Sobradinho. Os presentes discutiram a situação das derrubadas de casas, de forma arbitrária, por parte da Agência de Fiscalização de Brasília (AGEFIS).

Dentre os representantes, participaram os presidentes da Associação do Grande Colorado, da Associação dos moradores do Jardim Botânico (AJAB) e da associação dos oficineiros. Durante a reunião, o anfitrião, coronel Charles Magalhães, secretário nacional executivo do Partido Republicano da Ordem Social (PRÓS), convidou Hélio José para a reunião, por ser um senador ativo que não se esconde atrás de gabinete.

Segundo Magalhães, nossa cidade precisa de representantes atuantes como Hélio José que sempre nos atendeu.

  “Esses representantes que não nos atendem, não nos interessa, pois estão distanciados de nós,” declarou Magalhães.

Hélio José se comprometeu em criar um pacto por Brasília, para resolver a questão fundiária do DF, que vem sofrendo terrorismo com a derrubada de casas de forma arbitrária por parte da AGEFIS.

O parlamentar lembrou que propôs o pacto, durante a realização da audiência pública na Câmara Legislativa do DF (CLDF), em 26 de setembro e participou de outra, realizada em 7 de novembro na Câmara Federal.

Para isso, o peemedebista convidou 25 entidades, para uma audiência pública, a ser realizada no auditório Petrônio Portela, no Senado Federal, no dia 5 de dezembro. A ideia é estabelecer um debate entre órgãos vinculados ao Governo Federal, e Distrital, além de representantes e moradores das regiões afetadas.

“Eu propus esse pacto que precisa contar com a presença dos órgãos da União, do GDF, com o Ministério Público, o Tribunal de Justiça do DF, a OAB e representantes de condomínios, os síndicos, as associações e todas as pessoas envolvidas, ” afirmou Hélio José.

O parlamentar busca garantir a assinatura de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) via Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT), para acabar com a forma arbitrária das desocupações no DF, em busca de uma solução definitiva.

ASCOM

foto: Geolando Gomes

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA