Políticas Públicas voltadas às energias renováveis é tema de debate na CI presidida pelo Senador Hélio José

0
803

O senador Hélio José (PMDB/DF) presidiu nesta terça-feira (22) a audiência pública interativa na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) que avalia as políticas públicas destinadas à implantação de energias alternativas e renováveis no Brasil, com foco especial no Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (PROINFA).

Participaram da reunião, o Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia (MME), Eduardo Azevedo; o superintendente de Regulação dos Serviços de Geração da Agencia Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Chistiano Vieira da Silva; a Presidente-Executiva da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEÓLICA), Elbia Gannoum; o Gerente de Bioeletricidade da União da Indústria de Cana-de-açúcar (ÚNICA), Zilmar de Souza e o assessor da área de Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica da Associação  Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica(ABINEE).

“Há necessidade de o país pensar em energia eólica, solar fotovoltaica e em alternativas em desenvolvimento neste setor. Diversos países desenvolvidos e em desenvolvimento estão prestando atenção nisso e, mais, já possuem políticas implementadas há décadas. O Brasil precisa melhorar sua matriz energética, temos que debater mais sobre o assunto e investir em políticas públicas voltadas para as energias alternativas”, destaca o senador.

A Presidente-Executiva da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEÓLICA), Elbia Gannon, ressaltou em sua apresentação na audiência os benefícios e as vantagens dos custos de implementar e investir em energia Eólica no país. “O Brasil tem esta capacidade de aumentar cada vez mais a produção de energia eólica que hoje é um exemplo de sucesso de política pública. O PROINFRA, trabalha para estes avanços e desenvolvimento.  A energia eólica é a fonte de energia mais barata do Brasil”, afirma Elbia.

Já o superintendente de Regulação dos Serviços de Geração da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Chistiano Vieira da Silva, destacou que o PROINFRA, foi o grande Indutor de desenvolvimento das fontes renováveis e que através dessa percepção poderá ser criada cada vez mais alternativas que possibilitam a forma direta de beneficiar o consumidor.

Hélio José informou que voltará a fazer novos encontros para debater o assunto e propôs mais quatro temas previamente elaborados para serem levados a CI nos próximos meses.

Matéria – Danielton Lima – ASCOM

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA