Hélio José celebra junto ao PMB sua filiação ao mais novo partido

0
1245

O Partido da Mulher Brasileira – PMB, recebeu oficialmente mais um membro para fortalecer sua base política. O senador Hélio José promoveu o ato de filiação nesta quinta-feira (17) no auditório da Associação Comercial de Brasília – ACDF e contou com a participação de diversos seguimentos políticos, autoridades públicas e comunidade civil em geral.

Com auditório lotado, o encontro entre o senador e os convidados aconteceu cordialmente ao tom de quebra de tabus e preconceitos.

Em meio a um cenário atual, onde as pessoas e trabalhadores andam descrentes da política, surge o projeto político do PMB que já é uma realidade.  O Surgimento do partido em seu primeiro momento foi formado por grupos de mulheres, oriundas de todos os cantos do país, e que tinham a mesma vontade: tornar o Brasil um país mais justo.

Durante sete anos, o partido em formação, dedicou-se ao debate aberto, aprofundando-se nas causas sociais, recolhendo mais de 500 mil assinaturas, de brasileiras e brasileiros que anseiam por mudanças.

            Segundo a presidente do PMB, Suêd Haidar, o partido defende as mulheres, mas não exclui os homens:  “Nós criamos o partido após verificar uma necessidade de aumentar a participação das mulheres em todos os setores da sociedade, mas sem excluir a participação masculina”.

A Comissão Provisória do Partido instituiu a esposa do senador Hélio José, Edy Gonçalves Mascarenhas, presidente do PMB DF.  Edy, mãe de quatro filhos, dona de casa – foi uma das fundadoras do Partido dos Trabalhadores (PT), sindicalista, tesoureira da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEN), funcionária pública há 32 anos da Secretária de Saúde do DF e atualmente aposentada, sempre aguerrida e líder nos movimentos sociais, enalteceu as ações já existentes da presidente Suêd e diz estar preparada para fortalecer este novo desafio em apoiar as lutas das mulheres e dos homens. “Quero ser atuante e vou me empenhar para que os trabalhos do partido se concretize”, declarou.

O Partido da Mulher Brasileira é um partido formado com a certeza de que todos os apoiadores sabiam o que estavam assinando, buscando sempre orientar e explicar a cada um o real propósito do partido ser criado.

Em seu discurso, Hélio José, conta que a política está mais presente na vida das pessoas, até mesmo daquelas que andam desencantadas. Para ele a participação da população no seguimento político é essencial para construção e transformação social do Brasil.

“Lutei e participei bravamente enquanto estive no PSD. Trabalhei arduamente, a favor dos trabalhadores, da família, do desenvolvimento nacional e da cidadania. Sou muito grato a todos eles! Continuarei lutando em defesa do povo brasileiro e das mulheres do Brasil“, completa.

O mais novo filiado ressalta a importância de trabalhar em favor da quebra de paradigmas. Para ele o PMB é uma legenda capaz de defender o reconhecimento não só da mulher, mas também dos homens, garantindo o desenvolvimento do país como um todo.

“Uma das principais bandeiras de meu mandato, é dedicar-me às atividades político-partidária, da luta pelo fim do preconceito contra as mulheres e pela igualdade de direitos entre os gêneros”, afirma.

Com apoio maciço, o ato de filiação ficou marcado por presenças importantes, principalmente de mulheres.

Estiveram presentes além de diversas lideranças comunitárias, representante da Superintendência do Ministério do Trabalho e Emprego do DF, Francisco Nilo; o presidente da Associação Comercial do DF (ACDF), Cléber Pires; o Movimento Social dos Trabalhadores dos Correios; o vice-presidente da FIBRA, Elson Pavos  a presidente Nacional dos Auxiliares e Técnicos em Odontologia (ANATO), Filomena; a presidente da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (ANADEF), Michelle Leite; o Diretor do Centro de Detenção Provisória (CDP), Diego Ernesto; Representante do Sindicato dos Professores (SINPRO), Washington Dourado; o Presidente da Federação de Micro e Pequenas Empresas (FAMICRO), Pedro Frota; Relações Públicas das Embaixadas,  Pethy Matos; o Subsecretário da RIDE, Itamar Lima; Associação dos Agentes Policiais  de Custódia  da Polícia Civil do DF, Valdes; o presidente do Sindicato Técnico de Enfermagem, João Cardoso; o presidente das Federação Nacional dos Técnicos de Enfermagem, Jorge Viana; o presidente da associação dos Bombeiros e Policiais Militares do DF, Sargento Sansão; a Liga Feminina de organização e Combate ao Câncer, Edynei; Diretor do SINPOL, Célio Rodolfo; representantes comunitários de diversas cidades satélite do DF e Entorno, além de Jornalistas, vários presidentes e representantes de cooperativas e associações habitacionais, bem como diversos Conselheiros Tutelares.

“ É com imensa satisfação e gratidão que recebi todos estes trabalhadores, homens e mulheres no nosso evento de filiação. Nosso objetivo, dentro do PMB, é impulsionar a política nacional de forma a determinar a busca dos seus principais eixos de luta e valorização social, principalmente da mulher, bem como buscar a integração da sociedade, visando alcançar políticas que desenvolvam um novo contexto e sem o caráter excludente ou discriminatório de qualquer pessoa”, enfatizou o senador.

 Disse ainda, que as mulheres ocupam espaços na política, na justiça, no esporte, no militarismo, enfim, espaços antes ocupados somente por homens e, com uma capacidade e eficiência ainda maior do que a masculina. “É claro, que para garantir estes espaços, houve muitas lutas sociais que culminaram com as conquistas femininas e sabemos que muitas mulheres deram suas vidas para que a mulher atual pudesse desfrutar do espaço conquistado. É com imensa satisfação que venho fazer parte deste novo modelo de integração partidária –  que veio para fazer a diferença”, comemorou o senador Hélio José.

Fotos: Geolando Gomes / Renan Araújo

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA