Comissão vai debater relação das torcidas organizadas com clubes e poder público

0
514

A Comissão Senado do Futuro (CSF) agendou para quarta-feira (5), a partir das 14h30, audiência pública que tem como objetivo discutir a situação das torcidas organizadas com os clubes de futebol e com o poder público em cada estado, além de debater o panorama do futebol brasileiro.

Para essa audiência, estão sendo convidados o deputado federal e presidente do Corinthians, Andrés Sanches (PT-SP); o promotor de justiça do Juizado Criminal de São Paulo e ex-jogador de futebol, Paulo Castilho, que também é autor dos livros “A criminalização é o caminho?” e “Ações práticas e propostas legislativas de combate à violência no futebol”; a professora da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Heloísa Helena Baldy, autora dos livros “Futebol e Violência” e “Futebol e Sociedade”; o sociólogo Alex Sandro Gomes, mais conhecido como “Alex Minduin”, presidente da Associação Nacional das Torcidas Organizadas (Anatorg); e o presidente (Monitor) da torcida Raça Rubro Negra no Distrito Federal, Danielton Lima.

Em maio, a CSF realizou uma audiência que teve como foco a adoção de medidas de identificação biométrica nos estádios de futebol. A inserção social e a relação das torcidas organizadas com os órgãos de segurança, o Ministério Público e a mídia também foram tema de debate no final de 2016 pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE).

A audiência do dia 5 de setembro está aberta para participação dos cidadãos através do portal e-Cidadania (www.senado.leg.br/ecidadania) ou por meio de ligação gratuita ao Alô Senado (0800612211).

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA