Hélio José tem melhor avaliação popular, entre senadores do DF

0
307

Senador se posiciona, nacionalmente, na 18a colocação entre os senadores e 134a entre os 594 parlamentares, além da 4a melhor avaliação se considerado somente congressistas do DF

Por Kleber Karpov
Fonte: Ranking PolíticosFonte: Hanking Políticos

Somado à bancada do DF, com os oito deputados federais e três senadores do DF, Hélio José perde, na 134a, posição, em pontuações, apenas para Izalci Lucas (PSDB), Ronaldo Fonseca (PSC) e Alberto Fraga (DEM). No ranking nacional os parlamentares mantêm às colocações na 17a, 66a e 70a, respectivamente, nesse caso somados os 513 deputados e 81 senadores.

Captura-de-Tela-2017-08-06-às-00.04.31Fonte: Hanking Políticos

Dados interessantes

Se considerados, isoladamente, apenas os senadores, na 18a posição nacional, Hélio José é apontado como o terceiro melhor parlamentar avaliado, entre as suplências, uma vez que o senador é ex-suplente de Rodrigo  Rollemberg, que renunciou o mandato para assumir o GDF.

Nas pontuações, entre os suplentes, o parlamentar está atrás de Raimundo Lira (PMDB), Dalírio Beber (PSDB-SC)  e Pedro Chaves (PSC-MS), substitutos do atual conselheiro do Tribunal de Contas da União (TCU), de Vital do Rêgo (PMDB-PB), Luiz Henrique (PMDB-SC), morto em 2015 e Delcídio do Amaral (ex-PT-MS) que perdeu o mandato, respectivamente.

No Senado, os quatro parlamentares melhores pontuados são, a senadora Ana Amélia (PP-RS) e os pessedebistas Tasso Jereissati (CE), Flexa Ribeiro (PA) e José Serra (SP).

Critérios

O Ranking Políticos possibilita a participação popular e registra cerca de 210 mil curtidas por usuários da rede social Facebook. O site leva em consideração, nas avaliações, presença nas sessões, privilégios, participação pública, processos judiciais, qualidade legislativa e outros parâmetros que incluem, por exemplo, formação acadêmica, filiações e mudanças de partidos, formação acadêmica, participação em atos de corrupção, contribuído para aumento de tributos e gastos do governo,  e até um mentirômetro.

Captura-de-Tela-2017-08-06-às-01.58.41Fonte: Hanking Políticos

Hélio José

Engenheiro eletricista, formado pela Universidade de Brasília (UnB), Hélio José, conhecido por, senador do Povo, embora tenha protagonizado algumas polêmicas, a exemplo do episódio durante a apresentação do então superintendente da Superintendência do Patrimônio da União-DF, Nilo Gonsalves, em que ao se contrapor à alguns servidores na Casa, figurou a média como o “senador que nomeava até uma melancia”; ao se posicionar contrário às reformas trabalhista e da previdência; Em apenas dois anos de experiência, em mandato legislativo, faz com que o parlamentar consolide um ótimo currículo, conforme demonstrado pelo rankeamento.

Hélio José foi um dos principais protagonistas da regularização fundiária no DF. Ao se contrapor às arbitrariedades da Agência de Fiscalização de Brasília (AGEFIS), propor um ‘Pacto pela Paz’ em que participou ativamente, tanto ao participar quanto ao promover audiências públicas, propor e redigir, com ampla participação, um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) a ser celebrado entre o Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) e o GDF.

O parlamentar foi um dos responsáveis, também, por sensibilizar o presidente Michel Temer (PMDB) a incluir a regularização fundiária no DF e demais estados brasileiros, na Medida Provisória 759, que tratava da regularização de áreas rurais na Amazônia.

O senador sempre se posicionou em defesa dos servidores públicos e, na condição de relator da Comissão Parlamentar de Inquérito da Previdência (CPIPREV), no Senado, Hélio José foi categórico ao afirmar que pretendia “abrir a caixa preta” do sistema previdenciário.

Ao longo de seis meses da CPI, o parlamentar, juntamente com o presidente da CPIPREV, Paulo Pain (PT-RS) são categóricos ao afirmar, após dezenas de audiências públicas, que a previdência brasileira é superavitária.

Fonte: Política Distrital

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA