Helio José critica política de “desconstrução” da imagem de líderes políticos

0
866

O senador Hélio José (PMB-DF) manifestou em Plenário, nesta terça-feira (2), descontentamento com o que definiu como uma política de “desconstrução das lideranças políticas” do país. Para o senador, cabe à Justiça cuidar dos processos contra os que cometeram erros, mas não campanhas sistemáticas para desacreditar os políticos.

— Acho que essa política de desconstrução das nossas lideranças não vai nos levar a lugar nenhuma — comentou.

Hélio José se referiu ao ex-presidente Lula, hoje citado em investigações do Ministério Público de São Paulo. Observou que o ex-presidente cumpriu oitos anos de governo e foi admirado por todos. Quanto a Dilma, disse que ela já foi julgada pela população, que a reelegeu. Se hoje há uma crise, salientou, a presidente está empenhada em buscar soluções.

— Como líder do PMB no Senado, quero dizer que é importante que a gente confie no país, que precisa voltar a crescer e retornar a um patamar de desenvolvimento que traga segurança para os investimentos em infraestrutura e na geração de empregos, para que nosso povo tenha tranquilidade — ressaltou.

Assassinato

O senador também manifestou solidariedade à família do servidor do Senado, Eli Roberto Chagas, que foi assassinado nesta terça-feira (2). Ele buscava os filhos na escola quando foi abordado por um jovem assaltante, ainda foragido. Segundo informações, o servidor ainda se dispôs a entregar o carro, mas foi alvejado mortalmente.

Hélio José observou que “a violência tomou conta do DF”. Ele criticou a gestão da segurança pública distrital, a seu ver marcada pela indicação de gestores sem perfil adequado para comandar a área.

Fonte: Agência Senado
Foto: Moreira Mariz

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA