Hélio José critica projeto que regulamenta a terceirização no mercado de trabalho

0
1511

O senador Hélio José (PMDB-DF) criticou nesta quinta-feira (14) o PLC 30/2015, que regulamenta a terceirização. Para o senador, o texto é uma afronta à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e, se aprovada, será o mais duro golpe perpetrado contra os trabalhadores nos últimos anos.

Ele explicou que o projeto permite a terceirização na atividade-fim das empresas. Segundo o senador, até a Petrobras terceiriza áreas sensíveis de sua produção, colocando em risco sua reputação e a segurança dos trabalhadores nas plataformas de petróleo.

— Se passarmos a tolerar a terceirização de atividades fim, aí mesmo é que não haverá rigor algum nem compromisso algum do empregador em formar quadros profissionais preparados e npermanentes. Uma empresa séria quer quadro permanente, bem formado, qualificado. E com um trabalho terceirizado, muitas vezes, não é possível chegar a tal aprimoramento dos serviços essenciais.

Hélio José sublinhou que no setor elétrico a terceirização é ainda mais perigosa, porque um erro, em geral, significa a morte mesmo para profissionais qualificados. Ele disse que, no ano passado, quase 700 trabalhadores perderam a vida no setor elétrico. Essas mortes ocorreram na vigência da lei atual, que é muito mais restritiva, e o senador teme que esse número aumente muito mais se o projeto da terceirização for aprovado.

Fonte: Agencia Senado

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA