Hélio José participa de abertura do seminário da Comunidade Cigana

0
792

O senador Hélio José, participou na manhã desta quarta-feira (09) do seminário “Comunidade Cigana: entre  sonho e a realidade”, realizado pela Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família,  no auditório Petrônio Portela, no Senado Federal.

A proposta do seminário foi debater assuntos a respeito da população cigana, como  expor as dificuldades do povo cigano e a necessiade de um marco legal que garanta direitos básicos ao povo cigano, além de iniciar o debate acerca do PLS 248/2015 que propõe a criação do “Estatuto do cigano”.

Fizeram abertura do seminário os senadores Hélio José e Magno Malta.

Hélio José ressaltou que o  projeto é de valorosa e importante iniciativa do senador Paulo Paim, e que ele tem a honra de ser relator.

– Originários da índia, eles iniciaram sua jornada pelo mundo há mais de mil anos. É lamentável ver alguns de nossos agentes públicos negando a cidadania a esses brasileiros. Não faltam relatos de autoridades mobilizadas para vedar os direitos mais básicos às famílias ciganas, como a liberdade de ir e vir, o acesso de suas crianças ao ensino público, num país cujo sistema legal busca o respeito à diversidade e às minorias, tal atitude causa enorme perplexidade – disse.

Disse ainda que é preciso conhecer mais a fundo a realidade dos grupos de ciganos, Calon, Rom e dos Sinti no Brasil.

– Pois sabemos pouco a respeito de sua situação. Não temos sequer números oficiais precisos sobre a população cigana no País, o que dificulta a elaboração de políticas públicas destinadas a esse segmento. Espero hoje uma discussão esclarecedora e que nos conduza a uma Era de mais respeito, mais compreensão e mais direitos para esses brasileiros que muito nos honram. Viva o povo cigano, os ciganos brasileiros que muito nos honram, finalizou Hélio José.

Também participaram da reunião o presidente da Associação Social de Apoio Integral aos Ciganos – ASAIC, Igor Shimura; o professor, doutor em antropologia, Felipe Berocan Veiga; Líder da Comunidade Calon em Sobradinho/DF e presidente da Associação Nacional das Etnias Ciganas ANEC, Wanderlei Rocha; membro da Associação Social de Apoio Integral aos Ciganos-ASAIC, Marcelo Almeida; Advogada, cigana da etnia Rom Matchuaia, Zuleica Aparecida Torsani.

Fotos: Geolando Gomes

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA