HELIO JOSÉ PARTICIPA DE ASSEMBLEIA DE AUXILIARES E TÉCNICOS EM ENFERMAGEM DA SAÚDE PÚBLICA DO DF

0
794

HELIO JOSÉ PARTICIPA DE ASSEMBLEIA DE AUXILIARES E TÉCNICOS EM ENFERMAGEM DA SAÚDE PÚBLICA DO DF

Por ASCOMHJ

O senador Hélio José (PMDB-DF) participou na manhã de segunda-feira (26) da assembleia geral extraordinária convocada pelo Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (Sindate-DF). Durante a reunião dos trabalhadores, que ocorreu no auditório do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), o parlamentar falou sobre a valorização do funcionalismo público e também sobre as Organizações Sociais (OSs).

O parlamentar observou que a atual gestão do governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB), enfrenta dificuldades para gerir a Saúde do DF. Para o senador, a nomeação do gestor da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), a descontinuidade de processos, a insistência nas OSs, além de escândalos veiculados pela imprensa, são exemplos claros da falta de gestão na Saúde.

“A cada secretário de Saúde que entra, e esse já estamos com a quarta nomeação, ao longo de um ano e nove meses são denúncias a mais, a respeito de atitudes um tanto quanto não republicanas. E o pior que as últimas que surgiram, vinculam inclusive pessoas muito próximas ao governador. E ainda faz um discurso de afronta ao servidor?”, questionou Hélio José.

Valorização do servidor

Hélio José, que é engenheiro eletricista por formação e servidor público, falou da importância se colocou a disposição para ajudar na defesa do funcionalismo público o DF.

“Por que o servidor público, não é nem para dar lucro, nem para dar prejuízo. Servidor público é para atender bem ao povo, e deve receber bem por isso. Para atender bem quem paga os impostos e quem paga os nossos salários. Então não dá para o governo ficar com demagogia, porque está desviando o dinheiro para outras coisas, que não nos interessa. Outras coisas que, muitas vezes são para encher o bolso de alguém e não para atender o povo. E não fomos nós quem fizemos essa acusação, cabe a eles provarem o que eles [a imprensa] falaram nos jornais, que isso não é verdade.”.

Organizações Sociais

O senador falou ainda da insistência de Rollemberg em querer adotar as OSs na gestão da Saúde do DF. O parlamentar lembrou que, em Goiás, trabalhadores e pacientes, são afetados, diariamente, por esse modelo de atendimento na Saúde pública, conforme denúncias do próprio Sindate-DF.

“A política de organização social,  aqui do lado, em Goiás, todo mundo conhece. Tem coisa boa, mas tem muito mais coisas ruins, principalmente, para os trabalhadores. A questão do atendimento que eles falam que é bom, mas por outro lado, quantos são prejudicados para poder ter esse atendimento? Essa mensuração ainda não está totalmente clara,” afirmou Hélio José.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA