Santa Maria recebeu neste final de semana o circuito de dança afro-brasileira

0
610

 

O senador Hélio José (PMDB-DF) participou neste sábado (19) em Santa Maria do Circuito de dança Afro-brasileira em comemoração ao dia da consciência negra no Brasil.

A comunidade de Santa Maria teve a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a cultura afro-brasileira.

Apresentaram-se no evento grupos de afoxé, capoeira, carimbó, congada, maculelê e hip-hop, artistas locais e a Guarda Mirim de Ceilândia trazida pelo Guarda Jânio. Além das apresentações culturais o evento teve oficinas de dança e ações cidadãs.

O projeto por finalidade facilitar o contato da população com a diversidade cultural e promover o resgate histórico das danças de origem afro-brasileira. Além disso, a iniciativa quer estimular por meio da cultura o convívio social, a solidariedade e o trabalho em grupo.

Este projeto que hoje é uma realidade no DF é fruto de duas emendas parlamentares ao orçamento de 2016, propostas pelo Senador Hélio José (nº 37910012) e pelo Deputado Roney Nemer (PP) (nº 37550016) que conta com o apoio da Fundação Cultural Palmares.

O evento já foi realizado em algumas cidades satélite de Brasília, totalizando 14 regiões administrativas do DF que receberam o Circuito.

O entretenimento Cultural não fica restrito apenas às danças afro, outras manifestações culturais também participam e agregam ao projeto que tem, sido essencial para a diversidade do evento. Congregar artistas locais e arregimentar representantes de outras estéticas para a troca de experiências culturais, através de aulas e workshops comunitários, é algo essencial para integração entre as diferentes danças com a comunidade

“A cultura é um componente essencial do desenvolvimento de qualquer Nação. Através dela, os grupos que formam a sociedade participam e contribuem para o bem coletivo. Junto com os fatores econômicos e sociais, ela forma o tripé sobre o qual se apóia a cidadania de um povo”, declara o senador.

“O Circuito traz para a cidade a oportunidade de ter contato com as diversidades culturais, e resgata o histórico da cultura africana, além de estimular o convívio social, a solidariedade, o respeito às diversidades culturais, e o exercício da cidadania. O circuito propõe aproximar as comunidades às suas respectivas administrações locais, que são muito importantes para o sucesso do projeto”, ressaltou o parlamentar.

ASCOM

Foto:  Renan Araújo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA