Senador Hélio José apresenta Projeto de Lei que beneficia TVs comunitárias no Brasil

0
876

Foi apresentado no Senado Federal o PLS 27/2016, de autoria do senador Hélio José (PMB-DF) , que dispõe sobre a comunicação audiovisual de acesso condicionado. A proposta deste projeto é admitir a veiculação remunerada de propaganda e publicidade comercial, em sua grade de programação, limitados a três minutos por hora de programação.

As emissoras de televisão comunitárias, situadas no Campo Público, são formadas por entidades sem fins econômicos e, ao longo dos anos, têm demonstrado sua importância frente à Comunicação no país. São elas que criam a oportunidade, por exemplo, da população se ver na tela, expondo seu trabalho, sua arte e preservando sua cultura.

“As TVs comunitárias constituem-se uma nova ferramenta de comunicação, valorizando formas e meios de contato direto entre o poder público e a comunidade”, conta Hélio José. Este tipo de comunicação audiovisual, realizam campanhas institucionais e de utilidade pública, além de oportunizar a divulgação de atividades culturais muitas vezes restritas a pequenos grupos de mestres e fazedores culturais”, completa.

Para o senador, a TV Comunitária apresenta-se como guardiã da história contemporânea por não ter vínculo direto com poderes econômicos ou grupos políticos e religiosos, já que seu vínculo histórico é com a comunidade. Hélio José ressalta que­­­­­­­­ é necessário garantir sustentabilidade e formas de obtenção de recursos lícitos para a continuidade e melhoria de sua programação.

A manutenção e aquisição de equipamentos, a geração de emprego e renda, valorizando a economia solidária e criativa, também são fatores importantes”, declara Hélio José. “Permitir a publicidade comercial na emissora de televisão local, faz-se justiça aos que lutam com dificuldade para a verdadeira democratização da comunicação social no Brasil”, explica.

Foto: Geolando Gomes

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA